Header Ads

Translator’s Guide to Contacting Translation Agencies by Email

Se você estiver se perguntando por que o Ecos ou "outras agências de tradução" nunca responderam aos seus emails, eis, meu caro, aqui a razão



Preciso confessar uma coisa: toda vez que algum tradutor entra em contato comigo oferecendo seus serviços com amplo currículo e "qualificações", considero-o um candidato automaticamente descartado pelo simples fato de que o ECOS não é uma agência de tradução, apenas um blogue independente com o propósito de disseminar informações, sem fins lucrativos, sobre o universo da tradução. Tudo isso está explicado aqui.

Em minha opinião, procurar se informar sobre o seu futuro empregador em potencial exige, no mínimo, que você se informe sobre sua atuação. É para isso que servem as seções "Sobre" e "Missão" de toda página, as quais são de leitura obrigatória antes de se lançar, voluntariamente, em um processo de seleção. Além disso, consta da seção "Perguntas mais Frequentes", a qual solicito que seja lida antes de me enviar qualquer mensagem, um tópico especial sobre o caráter existencial do blogue. Adoto esta postura por partir do princípio de que se o suposto profissional sequer se deu ao trabalho de ler as principais orientações que uma página dispõe, mas, ainda assim, envia-me o email, mostra-se plenamente despreparado. Por algum tempo eu respondia, pacientemente, a cada um desses emails para explicar a natureza do Ecos, mas, por fim, convenci-me de que o melhor é que o candidato procure descobrir por que não retornei ao seu email.

Além do mais, várias das candidaturas que recebo estão repletas de erros de português e, assim como vejo com maus olhos qualquer instituição que oferece um curso em um determinado assunto na área de tradução, mas não consegue ao menos escrever corretamente, tenho minhas ressalvas perante um profissional de tradução que acumule deslizes na ferramenta que carrega as primeiras impressões do trabalho que ele propõe oferecer. Estou certa de que não apenas eu, caso realmente estivesse no ramo, mas muitas agências peneiram seus candidatos desta ou de maneira mais rigorosa.

Por essas e outras, acredito que é premente a leitura do manual para encontrar outras dicas e adotá-las para a vida profissional. Translator’s Guide to Contacting Translation Agencies by Email elabaorada pela agência de tradução Affinity Translations com o intuito de oferecer tradutores que se candidatam por email dicas de práticas recomendas, técnicas avançadas, exemplos de resumo e, claro, quais atitudes que devem ser evitadas durante este tipo de contato.

Leitura imperdível.

Para baixar o arquivo, clique aqui.

Imagem: Freepik.com
Tecnologia do Blogger.