ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Artigo mostra problemas de traduções na capital de Minas Gerais

Joao Fazenda
O artigo "Du iu ispiki brazinglish? Tradução ao pé da letra emperra comunicação em BH" expõe alguns casos de tradução que não foram bem sucedidos em Belo Horizonte, Minas gerais, encontrados, por exemplo, no guia turístico da cidade:

Na página 42 da edição deste mês, ao descrever o Museu de Artes e Ofícios, no Centro, o texto informa que o acervo tem “objetos utilizados no início das mais variadas profissões”, trecho que virou “objects used at the beginning of the most varied professions”. O norte-americano estranhou: “O uso do superlativo the most com varied faz parecer que as profissões têm váriaqs tarefas, como dançar, cozinhar, cantar e construir casas”. Como não é o caso, o texto em inglês ficaria melhor com um of many professions. (...)  
Responsável pelo guia turístico da capital, a Empresa Municipal de Turismo (Belotur) admite que alguns textos em inglês estão errados. Os originais foram vertidos para o idioma estrangeiro há cerca de quatro anos, informa o órgão. Depois que os deslizes foram constatados, a Belotur passou a pedir que os responsáveis pelos atrativos presentes no livreto mandassem versões de seus verbetes em inglês e espanhol, o que fez algumas das traduções serem substituídas. “Estamos preparando uma revisão para reduzir ou eliminar esses equívocos”, informou a assessoria. Será contratada uma empresa para fazer a revisão,  mas não há data para isso. 
Confira artigo completo aqui.

Mas lembremos que "inglês à brasileira", não é uma particularidade do Brasil. Existe, ainda, o "Chinglish", que é uma combinação de chinês e inglês, como comentado no artigo "learning to Speak Brazinglish" publicado no New York Times. Outros exemplos:

Franglais - combinações de inglês e francês 
Denglish - combinações de inglês e alemão
Spanglish - combinações de inglês e espanhol

Dê uma googlada nesses termos e encontre vários artigos a respeito!

Nenhum comentário