ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Museu consolida primeiro centro de estudos de tradução literária no Brasil


Considerada uma das principais casas literárias da cidade, a Casa Guilherme de Almeida – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis, cultiva desde a sua reinauguração, em 2010, um espaço para a reflexão sobre a arte da tradução literária. O Centro de Estudos de Tradução Literária, criado no museu em referência ao renome de Guilherme de Almeida como tradutor, atua em diversas frentes desse campo de saber, promovendo a reflexão sobre uma atividade artística que muitas vezes passa despercebida.

Dentre as diversas atividades realizadas pelo Centro de Estudo está o Programa Formativo para Tradutores Literários, criado em 2013. Composto por disciplinas teóricas (teoria e história da tradução) e por atividades práticas (oficinas de tradução de poesia e de prosa) o curso é voltado para todos os interessados em se aprimorar ou se profissionalizar como tradutores literários. 

Confirmando a sua relevância na área, o Centro de Tradução trabalha em colaboração com diversas instituições acadêmicas e não-acadêmicas brasileiras e estrangeiras, entre as quais o Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia (CITRAT), da Universidade de São Paulo (USP); a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), no Rio de Janeiro; a Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POET) da Universidade Federal do Ceará (UFC); a Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); o Programa de Estudos da Tradução da USP (Tradusp); a Universidade do Livro, da Editora da Universidade Estadual Paulista (UNESP), a Universidade de Birmingham, no Reino Unido.

Vaga no programa formativo de tradutores literários

Os interessados em se candidatar a vaga do Programa Formativo de Tradutores Literários pode preencher uma ficha disponível no site do museu e enviá-la, juntamente com uma carta de intenção e um currículo para o e-mail: casaguilhermedealmeira@gmail.com. O programa tem uma taxa única de matricula no valor de R$ 300 (trezentos reais). Alunos de cursos de Letras, tradutores sindicalizados e membros da ABRATES têm 20% de desconto. Serão concedidas cinco bolsas integrais a candidatos que declararem baixa renda por meio de formulário a ser solicitado pelo e-mail da instituição.

Nenhum comentário