Header Ads

Quais são as diferenças entre Tradução e Transcriação?



"Transcriação" se refere ao processo de pegar uma mensagem criada em uma língua e transportá-la para outra. Esta palavra não é um sinônimo de tradução; então, qual é a diferença?

Transcriação é a transformação de uma mensagem global que aborda não apenas o conteúdo escrito, mas também aspectos visuais e imagens. Além disso, a transcriação leva em conta o contexto cultural de uma comunicação escrita, como um anúncio publicitário, um folheto ou uma página virtual. O processo de transcriação exige que se olhe a mensagem como um todo e, depois, adapte-a ao público ao qual foi dirigida, mantendo os elementos de design para manter a consistência das mensagens, especialmente quando se trata de mercados internacionais. 

Por que é tão importante?

Transcriação é um termo relativamente novo, cunhado pelas indústrias de publicidade, entretenimento e linguística. A origem do termo tem a ver com o fato de que se refere particularmente à tradução como material de marketing. Material de marketing é o único tipo de tradução que tem elementos exclusivos de uma cultura. Esses elementos incluem ideias, jogos de palavras, referências culturais, preferências de design, imagens, desenhos, cores e suas conotações. Há uma série de diferenças sutis e muita criatividade indissociáveis em produtos publicitários e, como seu nome indica, o processo de transcriação destaca a adaptação de todos esses elementos a fim de criar uma mensagem significativa para um público em particular: trans + criação = criação “através” ou “além” da criação.

Durante o processo de transcriação, os responsáveis por este trabalho podem optar por reconstruir a maneira com que a informação é apresentada a fim de que a mensagem inerente ao produto de marketing seja mais relevante para o público ao qual foi dirigido. A língua é usada como uma base para a versão transcriada em outra língua. É como pedir para alguém escrever algo de novo com suas próprias palavras.

Um dos exemplos mais conhecidos de transcriação é a do Homem-Aranha em quadrinhos na Índia, cujo personagem original dos Estados Unidos foi recriado como um jovem indiano chamado Pavitr Pabhakar (um jogo de palavras com o nome Peter Parker). Todos os elementos da narração original também foram recriados e substituídos para dar lugar a um contexto indiano; até o uniforme do Homem-Aranha foi adaptado para os gostos e as normas culturais na Índia.

Pavitr Pabhakar: Home-Aranha indiano

Quem deseja diminuir a distância entre países e culturas distintos para conseguir um público mundial, então a transcrição pode ser uma opção para os negócios.

Read English version here.
Saiba mais sobre o Homem-Aranha na Índia: http://www.internationalhero.co.uk/s/spideyindia.htm


Um comentário

felipe disse...

Olá.
Ótimo post.
Recentemente precisei traduzir um material de minha autoria e como moro em Porto Alegre entrei em contato com a http://traduzca.com/ e tive a preocupação de que a tradução fosse feita tomando cuidado com a cultura local. No final a tradução ficou ótima, mas a questão cultural é algo que sempre necessita de atenção.

Tecnologia do Blogger.